5 erros que todo e-commerce de revenda comete sem saber

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

e-commerce de revenda

Ter um e-commerce é uma excelente oportunidade para qualquer marca. É como uma vitrine que tem o potencial para atingir pessoas em todo o mundo. E, de fato, é possível entregar produtos onde quer que os correios cheguem. Mas para gerenciar uma loja virtual são necessárias algumas estratégias básicas, como um site atraente e uma forte presença nas redes sociais.

Para te ajudar a ter sucesso com o seu negócio e vender mais, preparamos um conteúdo especial. Veja agora 5 erros que todo e-commerce de revenda comete sem saber e faça de tudo para evitá-los!

1. Não entrega informações detalhadas sobre o produto

Esse é um erro muito comum, tanto em e-commerce de revenda quanto em lojas que estão começando. Isso porque as pessoas que visitam o seu site não terão a oportunidade de tocar as peças ou experimentá-las. Portanto, é fundamental que você forneça informações suficientes para suprir essa ausência física. Não é raro que consumidores desistam da compra simplesmente porque não conseguiram entender se o produto será útil a eles ou não.

2. O design não é bom e a navegação é confusa

Pense só: se você fosse abrir uma revenda, não teria cuidados especiais com a decoração da sua loja e da vitrine? Pois o mesmo raciocínio vale para o design e navegabilidade do seu e-commerce de revenda. Portanto, não economize nesse setor, contrate um profissional qualificado ou uma agência especializada. Mostre para o mundo que a qualidade da sua loja não se restringe apenas aos produtos e serviços.

e-commerce de revenda

3. Estoque em falta é um erro de um e-commerce de revenda

Não há nada que frustre mais o consumidor que ver um aviso de produto indisponível no e-commerce. Principalmente se ele estiver louco para fazer a compra e não tiver nenhuma perspectiva de reposição de estoque. Esse erro é ainda mais grave se estivermos falando de um e-commerce de revenda, afinal de contas, basta fazer novos pedidos antes que os produtos acabem por completo.

4. Tornar a compra extremamente difícil

Quando alguém decide fazer uma compra online, certamente ela está pensando na praticidade. Afinal de contas, a escolha do produto foi feita no conforto de sua casa, o mesmo lugar que ela receberá a encomenda alguns dias depois. Por isso, tornar a compra mais difícil que o normal só vai afastar os consumidores. Isso significa colocar muitas etapas, exigir muitos dados dos clientes e até mesmo não dar opções diferenciadas de pagamento.

5. Não disponibilizar informações de contato

As informações de contato são mais que uma forma de se mostrar disponível para o público, o que por si só é muito importante. Elas são a garantia de que toda vez que for necessário falar com você, o consumidor entrará em contato pelo meio correto. Isso porque se você for um e-commerce de revenda de uma marca muito famosa, pode ser que as mensagens acabem indo para o seu fornecedor.

Quem tem um e-commerce de revenda deve ficar bastante atento às práticas de mercado e ao comportamento do consumidor para que os números continuem crescendo. Acima de tudo, é importante entender que você é o representante de uma marca e, portanto, deve fazer jus à sua fama.

Esse conteúdo foi útil para você? Conte nos comentários se ficou alguma dúvida e ficaremos felizes em ajudar.

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×