7 erros mais comuns em campanhas de GOOGLE ADS

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

tela do Google Ads

O Google Ads é uma plataforma que atrai cliques para a sua página na internet. Sabe aqueles links patrocinados que aparecem quando fazemos uma pesquisa online? Então, é exatamente isso! Os anúncios aparecem no alto da página de resultados ou no meio de outras páginas que estamos visitando. No entanto, para que a campanha tenha sucesso de verdade, você precisa evitar alguns desacertos ou falhas em sua elaboração.

Caso contrário, vai acabar gastando seus recursos e não vai obter o retorno desejado. Pensando nisso, listamos aqui os 7 erros mais comuns que você não pode cometer em uma ação no Google Ads. Leia este post até o fim e aumente sua visibilidade!

1. Divulgar valores de produtos desatualizados

É fundamental manter a campanha do Google Ads sempre atualizada. Afinal, não há nada mais frustrante do que ver um anúncio atrativo e, ao seguir para o site de destino, ver que aquele não é mais o preço do produto. O cliente não finaliza a compra, mas também destrói sua credibilidade e pode até resultar em uma denúncia por propaganda enganosa! Portanto, se você modificar valores, condições de pagamento ou qualquer elemento da campanha, não se esqueça de atualizá-la.

2. Anunciar no Google Ads produtos que já estão esgotados

Pense que quando você contrata campanhas no Google Ads está pagando pela ação e espera um retorno. Assim, quando você mantém um link para algum item que já se esgotou, além de gerar frustração no cliente, ainda perde dinheiro. Portanto, quando o produto acabar (ou estiver perto de acabar), você deve cancelar o anúncio.

3.  Usar palavras-chave ruins ou inadequadas

Embora seja o elemento mais importante da campanha, já que é por meio delas que seu anúncio será encontrado, é um dos pontos onde as pessoas mais cometem deslizes. Você precisa de boas palavras-chave, tanto mais específicas (long tail) quanto genéricas para atrair o cliente interessado para o que você deseja que ele veja. Logo, você deve ter cuidado ao escolher os termos ou expressões centrais de sua campanha online.

Google Ads

4. Errar no link de destino

Quando o cliente clica no link do anúncio ele precisa ser direcionado exatamente para aquilo que está sendo anunciado. No entanto, é muito comum que ele seja direcionado para algo totalmente diferente, o que compromete a eficiência da sua campanha, já que ele precisa ficar procurando o que quer ver ou desiste de tentar.

5. Calcular mal o retorno sobre o investimento

Se você quer ter bons ganhos, vai precisar investir mais. Geralmente, quem gasta pouco acaba recebendo pouco em troca. Não tem problema você querer ser cuidadoso, só não pode esperar um resultado muito superior ao valor investido na plataforma.

6. Errar ao segmentar por dispositivos

O Google Ads permite que suas campanhas sejam acessadas por diversas plataformas. No entanto, se você percebe que algumas delas não são muito utilizadas, você pode simplesmente removê-las. Não se esqueça ainda de que hoje em dia praticamente todo mundo prefere usar o celular, portanto os anúncios devem estar configurados para essas plataformas móveis também!

7. Criar uma só campanha para todos os produtos

Esse é um erro bem grosseiro. Quanto mais específica for a sua campanha, melhor ela será posicionada dentro do Google, tornando-se mais relevante! Se você colocar vários produtos em um mesmo anúncio, perderá a qualidade de divulgação e vai reduzir sua relevância para o cliente.

Lembre-se de que cada campanha só pode direcionar o usuário para uma página, então é melhor usar isso para divulgar um único produto ou conjunto de itens semelhantes.

O Google Ads é uma ferramenta valiosa, quando bem trabalhada! No entanto, se você não fizer do jeito certo, vai gastar muito tempo e dinheiro e obter pouco retorno. Por essa razão, antes de investir, vale a pena contratar uma empresa especializada em marketing digital para ajudar você. Em muitos casos, será possível reduzir bastante os custos e potencializar os resultados com as estratégias corretas.

Essas dicas foram úteis para você? Então não perca tempo e baixe também nosso e-book que vai lhe mostrar muito mais sobre Adwords, Inbound Marketing e SEO: as 3 frentes do marketing digital!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×